Um passeio pela arquitetura histórica de São Paulo

Texto por Gabriela Fogaça

Áudio por Emilly Dulce

Fotos por Natália Novais

A cidade de São Paulo acomoda todos os gostos e cada lugar carrega uma história. A arquitetura não fica de fora e várias construções atraem e impressionam olhos curiosos. O centro da capital paulistana abriga pontos turísticos e históricos, remontando o nascimento de uma das cidades mais importantes do país, como o Pátio do Colégio, a Catedral da Sé e o Theatro Municipal.

A primeira construção realizada em São Paulo foi o Pátio do Colégio em 1554 pela Companhia de Jesus. A obra faz parte do chamado centro histórico e foi erguida com o objetivo de catequizar os povos indígenas. A edificação ainda preserva sua arquitetura colonial, lembrando a época da colonização e a importância que a religião exerceu. Hoje o local é sede do museu Anchieta e da biblioteca Pe. Antonio Vieira.

Partindo do Pátio do Colégio e seguindo em direção à praça da Sé, uma caminhada de seis minutos leva à Catedral Metropolitana de São Paulo ou simplesmente Catedral da Sé. Sua construção começou em 1913 e terminou em 1967, com inauguração em 1954. A maior igreja da cidade paulistana tem capacidade para 8.000 pessoas e é considerada uma das maiores igrejas do mundo.

Sua estrutura foi imaginada pelo alemão Maximilian Emil Hehl e o templo religioso possui um estilo neogótico, uma arquitetura revivalista datada do século XVIII na Inglaterra. O órgão de tubos da catedral foi produzido em Milão, Itália e é o maior da América Latina.  A cripta – construção subterrânea – é aberta à visitação e se encontra debaixo do altar principal, sendo local de sepultura de personagens religiosos e figuras históricas importantes para o Brasil, como o índio Tibiriça e o regente Feijó, governante do Brasil regencial.

Só mais catorze minutos de passeio sentido República, distrito integrante do centro histórico, chega-se ao luxuoso Theatro Municipal, belíssimo cartão postal de São Paulo e importante teatro brasileiro. A construção foi iniciada em 1903 e finalizada em 1911, contando com uma inauguração para um público de 20.000 pessoas.

A inspiração para a obra veio da Ópera de Paris e emprega aspectos barrocos e renascentistas no seu exterior com obras de arte no interior. O local ainda teve participação importante no era modernista brasileira, sendo palco dos eventos da Semana de Arte Moderna de 1922. Atualmente, o Theatro Municipal conta com um grupo artístico formado pela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, pelo Coro Lírico Municipal de São Paulo, Balé da Cidade de São Paulo, entre outros.

Se você quiser saber mais sobre a arquitetura de outros prédios do centro, ouça o nosso guia abaixo!

 

Abaixo link com breve ensaio fotográfico do Centro Histórico.

https://imgur.com/a/QXQmk

 

 

Anúncios